GRUPO DE APOIO VOLUNTÁRIO AOS ANIMAIS ABANDONADOS DE CAMPINAS-SP


>
Posse Responsável

Ao domesticar o cão e o gato, há milhares de anos, o homem tornou-se responsável pelo bem-estar desses animais. Conviver com um bicho de estimação é um privilégio e pode mudar nossa vida para muito melhor. No entanto, alguns cuidados devem ser observados para que essa relação seja realmente harmoniosa e feliz. Muitas pessoas acabam adquirindo um animalzinho por impulso, sem levar em consideração alguns fatores extremamente importantes para tomar esta decisão.

Antes de optar pela companhia de um cão ou gato ou qualquer outro animal doméstico, é necessário estar atento às seguintes informações:

- Tamanho quando adulto (no caso de adquirir um filhote) para adequação do espaço físico;

- Características comportamentais: ativos, calmos, carentes, brincalhões.

- Custos de vacinação e tratamentos de saúde em casos de enfermidades.

- Custo mensal com alimentação de boa qualidade, banhos, produtos de higiene, medicamentos (em casos de administração de medicação continuada);

- Tempo disponível para interagir com o animal e lhe dar atenção;

- Aceitação de todos os membros da família com a vinda de um animal para casa. Divergências entre os familiares podem causar uma situação muito estressante tanto para humanos como para os animais. E os animais são os mais prejudicados;

- Tempo de vida do animal: cães e gatos podem viver mais de 15 anos, portanto, deve-se ter em mente que ele precisará de toda atenção, carinho e cuidados durante muitos anos.

Considerações Importantes

Animais não são brinquedos e as crianças não devem tratá-los como tal. Muitas crianças acabam por machucar seu cão ou gato sem querer, por causa de brincadeiras. Devem ser ensinadas a oferecer-lhe carinho e respeito.

Crianças podem e devem experimentar uma convivência harmônica e saudável com animais!

Cães entram em pânico com barulhos muito altos como os de trovões, rojões e bombas, pois seu sistema auditivo é muito mais sensível que o nosso. Fique atento ao seu animal quando houver tempestade ou em épocas de festas e comemorações. Em situações como essas, se eles estiverem sozinhos, podem tentar fugir para procurar abrigo, ferir-se gravemente ou até morrer;

Parceiros

CNPJ: 11.109.412/0001-80

Logica Digital