GRUPO DE APOIO VOLUNTÁRIO AOS ANIMAIS ABANDONADOS DE CAMPINAS-SP


>
Artigos

O frio está chegando e os pets precisam de proteção

O frio está chegando e os pets precisam de proteção
O frio está chegando e os pets precisam de proteção

Com o friozinho começando a dar sinal de que está chegando, é preciso tomar alguns cuidados com os cães e gatos que temos em casa.

A maior parte dos animais domésticos não sofre grandes alterações físicas para o período de outono e inverno, por isso, eles dependem de nós para se aquecerem e ficarem saudáveis.

Abrigo

É bom reforçar a casinha ou caminha com cobertores ou vestir o seu pet com roupinhas. Se o cachorro ou gato dorme na parte externa da casa, é bom que ele tenha um local abrigado para dormir, especialmente nas noites de chuva.

Passeios

Alterar os passeios para horários mais quentinhos é uma boa alternativa. O início da manhã e o fim da tarde, quando o sol está presente, são os melhores horários para levar o seu cachorro dar uma volta.

Alimentação

Aumentar a oferta de alimentos também é uma boa dica para ajudar o animal a passar pelo período sem tanto sofrimento. Se o animal não tiver tendência à obesidade ou ainda problemas decorrentes dela, aumente em 15 a 20% a oferta de alimento durante o frio.

Filhotes e vovôs

Os recém-nascidos e os animais velhinhos devem ter cuidados redobrados durante o frio. Todos os filhotes, até os dois meses de idade, ainda não têm uma capacidade eficiente de manter a temperatura corpórea  e perdem calor facilmente. Manter a ninhada em local protegido, confinar em ambientes pequenos e aquecidos, forrar com panos embaixo e dentro da casinha ou caminha onde eles dormem é uma atitude simples que mantém o aquecimento. O mesmo serve para os animais com mais idade. A quantidade de comida também deve ser aumentada (se eles não tiverem problemas de obesidade). As roupinhas podem ser grandes aliadas nesses casos também.

Atenção para o espirro e dificuldade de locomoção 

Se o animal apresentar espirros, coriza, sintomas aparentes de dor, dificuldade de locomoção e de se levantar pela manhã, agressividade e sensibilidade ao toque, o ideal é procurar um veterinário. Nunca dê remédios - nem humanos, nem específicos para animais - ao seu bicho sem consultar um veterinário.

Parceiros

CNPJ: 11.109.412/0001-80

Logica Digital